terça-feira, 15 de abril de 2008



1. Evita o risco e morrerás
Em tempos de mudança o maior risco de todos é não assumir qualquer risco

2. Porquê não perguntar "Porque não"?
As assumpções são isso mesmo. Qualquer coisa que possas assumir são normalmente meias verdades ou generalizações que já serviram um propósito útil, mas normalmente escondem uma solução realmente creativa.

3. Assume posições fortes
Tentar ser todas as coisas para todas as pessoas no planeta, inevitavelmente resulta numa falta de interesse perceptível a toda a gente.

4. Não vergues
Os clientes são importantes, mas nem sempre estão necessariamente correctos.

5. Desiste do controlo
São os consumidores que agoram controlam as marcas. Os marketers inteligentes já reconheceram esta situação e abraçam-na por forma a tirar o máximo proveito dela, em vez de combatê-la.

6. Torna-te visível
Uma relação de confiança entre a marca e o seu consumidor, e como uma relação entre 2 pessoas baseada fundamentalmente na honestidade.

7. Cria inimigos
Qualquer marca necessita de se posicionar contra as suas alternativas

8. Deixa-os a salivar por mais
Evita a tentação de revelar todos os teus trunfos logo de início. Ou como os mestres já o disseram: Não deves ensinar tudo o que sabes. Ensinas tudo o que eles sabem.

9. Sê mais esperto do que a concorrência
Sê mais inteligente do que o outro sujeito. Não te deixes levar pelo dinheiro fácil e não tentes competir gastando mais do que os outros.

10. Não te deixes seduzir pela tecnologia
Os media já não são a mensagem. A mensagem é a mensagem é a mensagem.

11. Conhece-te a ti mesmo
Se não consegues perceber onde és de facto bom, poderás tentar enveredar por caminhos em que não o poderás ser.

12. Chega de tretas de marketing
Vai directo ao assunto. Expressa-o de uma forma clara e simples. Einstein afirmou - acreditamos que dirigido para os merketers: "As coisas deveriam ser feitas da forma mais simples possível, mas não de uma forma simples".

13. Não deixes que os outros definam os teus standards
Desculpa estar-te a confrontar com isto, mas ser bom já não significa muito, enquanto ser medíocre poderá causar-te mais mal do que não fazer absolutamente nada.

14. Usa as ferramentas da revolução
Vai escrever o teu próprio manifesto. Lembra-te destes artigos quando estiveres com falta de imaginação.

(fonte: punk marketing por Richard Laermer and Mark Simmons)

Posted by ... boost alpha às 11:47
Categories: Labels:

Sem comentários: